Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Cultura & Média

«Acto de loucura»

UNESCO condena destruição do património da cidade de Nimrud

Paris - A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) condenou a destruição do património da cidade de Nimrud por fundamentalistas do Estado Islâmico (EI).

Segundo um comunicado tornado público pela directora-geral da UNESCO, Irina Bokova, a organização considera a destruição das ruínas de Nimrud como um acto de «loucura», que representa «um novo marco na escala do horror».

A responsável denunciou que o EI pretende apagar de forma sistemática a história do povo iraquiano, ao atacarem com explosivos os locais das ruínas e os seus perímetros, extinguindo qualquer referência.

O autoproclamado EI divulgou um vídeo no passado fim-de-semana, que não está datado, onde mostra fundamentalistas a destruírem obras de arte e a recorrerem a explosivos para apagarem todo aquele local do mapa.

(c) PNN Portuguese News Network

2015-04-14 09:42:58

MAIS ARTIGOS...
  Jornalista Mussá Baldé vence concurso FIC TV I 2016 na Guiné-Bissau
  Governo encoraja imprensa guineense a usar os seus direitos constitucionais
  Prémio Man Booker atribuído a estritor húngaro
  Guiné-Bissau: UE apoia Festival de Bubaque
  Quase 70 jornalistas perderam a vida em 2014
  China bloqueia Gmail em todo o país
  Guiné-Bissau: Muniro Conté é o novo Director-geral da RDN
  Primeira-dama de Moçambique lança livro
  Guiné-Bissau: Jornalista Sumba Nansil vence prémio «Jornalismo e Direitos Humanos 2014»
  Guiné-Bissau realizou fórum «Cacheu, Caminho de Escravos»
  CPLP reforça cooperação na Cultura
  Futebol: Seleccionador quer jogadores concentrados

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Timor Digital Luanda Digital Jornal de São Tomé Cabo Verde Maputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais