Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Economia

Através de meios pacíficos e debates

Guiné-Bissau: FMI aconselha guineenses a manterem o momento de paz e estabilidade

Bissau – O Fundo Monetário Internacional (FMI) aconselhou os guineenses no sentido de manterem o actual momento de paz e estabilidade política de que o país goza há praticamente um ano, após as eleições Gerais que tiveram lugar na Guiné-Bissau, em 2014.

Falando à PNN em conferência imprensa esta quarta-feira, 29 de Abril, em Bissau, à margem da apresentação do retrato sobre a instabilidade na Guiné-Bissau, o chefe da missão do FMI que se encontra no país, Felix Fischer, justificou o conselho com o facto de a Guiné-Bissau apresentar, no passado, mais ciclos de instabilidade em relação aos restantes países lusófonos.

«Temos feito uma comparação com os outros países lusófonos, e vimos que este país infelizmente teve uma incidência muito mais alta de instabilidade e de golpes repetidos, pois a instabilidade tem um impacto directo sobre a capacidade da Guiné-Bissau em crescer e motivar o sector privado, de investir e de avançar com a educação e formação», revelou.

«A conclusão é a importância de manter a paz e a estabilidade política e resolver todos os problemas e diferenças, através de meios pacíficos e debates de lições de uma democracia viva», referiu Fischer.

O economista do FMI falou ainda sobre a situação económica do país, dizendo que «estamos a fazer uma avaliação que ainda não acabou e não posso dar as conclusões, mas pelo que estou a ver, as receitas internas ultrapassaram as nossas expectativas, o que é um factor muito importante porque está a criar as condições ao Governo para fazer os gastos públicos que são urgentes, principalmente nas áreas sociais», enalteceu.

Esta missão do FMI, que permanece na Guiné-Bissau até 5 de Maio, está para uma consulta ao abrigo do acordo IV e possível negociação de facilidade de crédito alargado. A missão vai ainda manter contactos com as autoridades nacionais e instituições bancárias.

(c) PNN Portuguese News Network

2015-04-30 13:47:16

MAIS ARTIGOS...
  Guiné-Bissau: Ministro das Finanças confirma crescimento económico do país
  Royal Air Maroc recruta jovens guineenses como assistentes de bordo
  Guiné-Bissau: População de Varela ameaça boicotar reunião com empresa Poto
  Guiné-Bissau: Governo pretende elaborar orçamentos realistas
  Guiné-Bissau: Governo confirma moratória de cinco anos para corte de madeiras
  Guiné-Bissau vai beneficiar por ser um dos Países Menos Avançados
  Barcos com cadávares dão à costa do Japão
  Guiné-Bissau: Banco Mundial revê despesas na Defesa e Segurança
  Hollande e Putin juntam-se para analisar em Moscovo ofensiva ao EI
  Governo assina com BAD acordos de financiamento de 19 mil milhões de Francos Cfa
  Guiné-Bissau: Governo disponibiliza mais mil milhões de Francos Cfa para financiar micro créditos
  Guiné-Bissau disposta a receber propostas de investimentos chineses

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Timor Digital Luanda Digital Jornal de São Tomé Cabo Verde Maputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais