Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Política

Primeiro-ministro quer um Governo inclusivo

Carlos Correia procura consensos mais alargados para a formação de Governo

Guiné-Bissau – O Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau disse esta quinta-feira, 24 de Setembro, que o atraso que se regista na formação do novo Governo tem a ver com a procura de consensos mais alargados para a sua constituição.

Carlos Correia que falava à imprensa no quadro da celebração de Dia Nacional afirmou que para formar um governo de inclusão é preciso mais tempo.

“Dizemos que queremos um governo inclusivo. Isso tem que ser preparado. Não sei se esqueceram que o 1º Governo levou, também, um tempo para a sua formação” disse, garantindo que quer constituir um governo inclusivo por isso, há atraso na sua constituição, contudo espera que o país vá conhecer em breve o seu elenco governamental.

Esta quinta-feira, 24, o Presidente da República, José Mário Vaz, e o primeiro-ministro, Carlos Correia, depositaram, na Amura, em Bissau, coroas de flores no túmulo de Amílcar Cabral, fundador das nacionalidades guineenses e cabo-verdianas, no âmbito da celebração de quadragésimo segundo (42º) aniversário da proclamação unilateral da Independência da Guiné-Bissau, nas matas de Madina de Boé, pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo-Verde (PAIGC) a 24 de Setembro de 1973. A independência só veio a ser reconhecida oficialmente por Portugal, então país colonizador, a 10 de Setembro de 1974.

Tiago Seide

(c) PNN Portuguese News Network

2015-09-25 10:36:58

MAIS ARTIGOS...
  ONU quer o cumprimento das leis na Guiné-Bissau
  Crise parlamentar é de natureza política e não compete aos tribunais resolver
  Presidente retoma audições com atores políticos envolvidos na crise
  CEDEAO inicia retirada militar de Bissau
  A Comunidade Internacional “pode perder paciência” com situação na Guiné-Bissau
  CPLP preocupada com situação política na Guiné-Bissau
  Tribunal anula expulsão de deputados pelo PAIGC
  Obasanjo regressa à Guiné-Bissau para tentar, mais uma vez, desbloquear impasse político
  PRS quer pacto de regime para salvar Guiné-Bissau
  Governo adverte que qualquer tentativa de violência para desestabilizar país será reprimida
  Homens armados assaltaram a residência de João Bernardo Vieira em Bissau
  Movimento de Apoio a Carlos Gomes Júnior apela ao regresso do antigo Primeiro-ministro

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


Comentários
  
terra sabi  2015-09-28 21:16:25
Espero que com a recusa do PRS de incluir o novo governo de Carlos Correia O PRESIDENTE DA REPUBLICA SE DEMITA. SE REALMENTE AINDA ALMEJA UM POUQUINHO DE RESPEITO DESTE POVO, DEVIA SE DEMITIR IMEDIATAMENTE.

TERRA SABI acha que devemos ter uma forte e responsável oposição. Mas neste momento a Guiné não merecia a palhaçada que Presidente da Republica fez com respeito a Domingos, ex primeiro ministro.



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Timor Digital Luanda Digital Jornal de São Tomé Cabo Verde Maputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais