Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Política

Crise política

Guiné-Bissau: José Mário Vaz não gostou das palavras de Carlos Correia

Bissau - A Presidência da República lamentou as declarações feitas pelo primeiro-ministro, Carlos Correia, depois de entregar a proposta com a composição do novo Governo ao chefe de Estado na sexta-feira, 2 de Outubro.

"A Presidência da República lamenta profundamente que posições dessas, susceptíveis de conduzir a opinião pública a equívocos, sejam assumidas publicamente por titulares de órgãos de soberania, numa altura em que se apela ao esforço de descrispação do relacionamento institucional", refere o comunicado divulgado na noite desta sexta-feira.

Segundo a Presidência da República, "a Constituição confere ao Presidente da República a competência exclusiva de criar e extinguir ministérios e secretarias de Estado, bem como de nomear e exonerar os membros do Governo".

O documento acrescenta ainda que cabe ao chefe de Estado "analisar criteriosamente" o elenco proposto pelo primeiro-ministro, considerando que, segundo a Constituição, é da exclusiva responsabilidade do Presidente "a nomeação de qualquer um dos nomes sugeridos".

A reacção da presidência guineense surgiu após as declarações do primeiro-ministro Carlos Correia que, depois de entregar a proposta do novo executivo ao chefe de Estado, afirmou passava a depender do chefe de Estado guineense a análise e decisão sobre a composição do novo governo e sublinhou: “nós gostaríamos de discutir a proposta hoje, sexta-feira 2 de Outubro, e fechar a discussão”.

Na mesma ocasião o primeiro-ministro guineense disse ter alertado José Mário Vaz que quem cria a estrutura de Governo e quem escolhe os membros de governo é o Primeiro-ministro, e reiterou que adoptara na proposta o princípio de um Governo de base alargado que integra partidos políticos com e sem assento parlamentar.

Iancuba Dansó

(c) PNN Portuguese News Network

2015-10-05 08:29:34

MAIS ARTIGOS...
  ONU quer o cumprimento das leis na Guiné-Bissau
  Crise parlamentar é de natureza política e não compete aos tribunais resolver
  Presidente retoma audições com atores políticos envolvidos na crise
  CEDEAO inicia retirada militar de Bissau
  A Comunidade Internacional “pode perder paciência” com situação na Guiné-Bissau
  CPLP preocupada com situação política na Guiné-Bissau
  Tribunal anula expulsão de deputados pelo PAIGC
  Obasanjo regressa à Guiné-Bissau para tentar, mais uma vez, desbloquear impasse político
  PRS quer pacto de regime para salvar Guiné-Bissau
  Governo adverte que qualquer tentativa de violência para desestabilizar país será reprimida
  Homens armados assaltaram a residência de João Bernardo Vieira em Bissau
  Movimento de Apoio a Carlos Gomes Júnior apela ao regresso do antigo Primeiro-ministro

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


Comentários
  
José Silva Có  2015-10-06 08:44:10
Já era altura desse presidente ser deposto. Só tem prejudicado a Guiné e o seu Povo.

lnocencio Paulo gomes  2015-10-05 22:28:56
O presidente tem direito de rejeitar alguns nomes, porque ha pessoas que riqueceram so num ano de mandato isso nao pode ser, foi por isso que dei razao ao presidente da republica.

Secuna Dabo  2015-10-05 18:39:07
Perante factos não resta duvida que alguém precisa de voltar a carteira da escola ou faculdade.
Os nossos célebres juristas da nossa praça de Bissaussinho acabam por ludibriar a cabeça do nosso povo mostrando o que nem na cabeça de zumento pode caber.
Ajudar alguém implica dizer- lhe a verdade.
Gritámos em voz alta......bo para !!!
Guiné Bissau fica vergonhado perante os países como nosso.
Os Guineenses também sentem das malabrisses que são ordidas cada dia .


Jose verissimo  2015-10-05 10:53:16
A presidencia deve ter nusao de responsabilidade, nao todos os boatos ou mal ententido por sua parte deve ser expresada aos cidadoes, o presidente seus capangas devem cosultar o modo de ser e estar de um estadista, ja e tempo de desaparecer a frente do pais...


Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Timor Digital Luanda Digital Jornal de São Tomé Cabo Verde Maputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais