Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Sociedade

Advogados foram ameaçados de morte

Alegada falta de combustível obriga Zamora Induta a permanecer na prisão Mansoa

Bissau - O antigo Chefe de Estado-maior General das Forças Armadas da Guiné-Bissau, detido desde Outubro em Mansoa, José Zamora Induta continua preso apesar do Supremo Tribunal de Justiça ter ordenado a sua libertação nesta quarta-feira, 11 de Novembro.

A permanência de Induta na cadeia Mansoa foi confirmada aà PNN por um dos seus advogados, Ruth Monteiro que disse estranhar o comportamento do Tribunal Militar Superior. “Estranhamente Induta ainda não se encontra em liberdade, 24 horas depois e após várias diligências terem sido feitas neste sentido, não acredito que ele tenha sido libertado hoje”, disse.

“Podemos dizer que estamos perante um crime de desobediência à ordem imediata do Supremo Tribunal de Justiça”, disse Ruth Monteiro.

Segundo a advogada a justiça militar justificou a não libertação de Induta alegando que não dispunha de combustível para uma viatura a fim de informar em Mansoa sobre a ordem da libertação de Zamora Induta.

A advogada de Zamora Induta disse também ter sido ameaçada de morte e a viatura de um dos seus colegas foi alvo de vandalização. “Recebi duas mensagens através do meu telemóvel com seguinte teor: “No kunsi bo kasas tudu, ku bo tarbadju, no na sapa bos padas-padas, bo disparci”, ou seja, “Conhecemos a tua casa e o teu trabalho, vamos cortar-te aos pedaços, assim desapareces”, enquanto a segunda mensagem era: “Bo purpara pa muri” que significa “Preparem-se para morte”.

A primeira ameaça foi envida à advogada através da rede de telemóvel da operadora MTN, cujo assunto já foi comunicado às autoridades através da Polícia Judiciaria. “Defendemos o nosso constituinte com base na lei e se há ajuste de contas a fazer deve ser feito nos tribunais, mas somos obrigados a fazer o nosso trabalho porque não podemos fechar os olhos e deixar que as coisas de aconteça”, disse Ruth Monteiro.

(c) PNN Portuguese News Network

2015-11-13 15:07:43

MAIS ARTIGOS...
  Mau tempo no Instituto de Meteorologia
  Governo garante que enfermeiros vão receber onze meses de salários em atraso
  Intoxicação alimentar provocou a morte de duas pessoas em Suzana
  Crise Política cada vez mais agudizada
  Está controlado o surto de diarreia
  Governo reforça medidas contra a pesca ilegal
  Ex-Chefe adjunto da contra inteligência militar condenado a 10 anos de prisão
  Ex-administrador da SAD do União de Leiria recapturado na Gâmbia
  Presumíveis agressores do Ministro Orlando Mendes Veigas vão ser julgados
  Comissário Nacional da Polícia da Ordem Publica exonerado
  Guiné-Bissau em risco de colapso da capacidade de resposta judiciária
  MAI disponibiliza mais de 1.300 homens para garantir a segurança no Natal e Ano Novo

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Timor Digital Luanda Digital Jornal de São Tomé Cabo Verde Maputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais