Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Internacional

EUA

Washington rejeita plano para fechar Guantánamo

Washington - O Governo dos Estados Unidos rejeitou um plano, elaborado pelo Departamento de Defesa, para encerrar a prisão de Guantánamo por o considerar demasiado dispendioso, segundo o The Wall Street Journal.

De acordo com o jornal The Wall Street Journal, a proposta apresentada pelo Departamento de Defesa ascendia aos 566 milhões de euros, um valor considerado excessivo pela Administração norte-americana.

Deste total para fechar a prisão, 330 milhões seriam destinados à construção de um novo estabelecimento penal em território norte-americano para onde seriam transportados os reclusos considerados de maior risco.

O custo anual de operar Guantánamo, onde permanecem 107 presos, é de 337 milhões de euros, enquanto o da nova prisão proposta pelo Pentágono em solo norte-americano seria de 283 milhões (a que se junta o custo inicial de 330 milhões para a construção).

A rejeição do plano apresentado pelo Departamento de Defesa representa um novo contratempo para que Obama consiga cumprir a sua promessa de fechar Guantánamo antes do final do seu mandato.

A prisão de Guantánamo chegou estar ocupada por cerca de 800 presos pouco depois da sua abertura, ordenada pelo então presidente norte-americano, George W. Bush, após os atentados terroristas de 11 de Setembro de 2001.

(c) PNN Portuguese News Network

2015-12-02 09:28:40

MAIS ARTIGOS...
  UE e Turquia reúnem-se para analisar distribuição de refugiados
  Suíça divulga lista de contas inactivas sem herdeiros
  EUA: Escolas reabrem em Los Angeles
  Arábia Saudita lidera coligação de países islâmicos para combate ao terrorismo
  Merkel põe restrições à entrada de refugiados na Alemanha
  Professor esfaqueado em Paris indivíduo que invocou o Estado Islâmico
  Estado Islâmico dirige-se ao interior da Líbia «por causa do petróleo»
  Mulheres sauditas vão votar pela primeira vez este sábado
  Coreia do Norte: Kim Jong-un confirma que país tem bomba de hidrogénio
  Angela Merkel foi eleita «personalidade do ano» pela revista Time
  Identificado terceiro terrorista do ataque ao Bataclan em Paris
  EUA: Depois do ataque na Califórnia Obama promete destruir o DAESH

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Timor Digital Luanda Digital Jornal de São Tomé Cabo Verde Maputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais