Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Economia

Avançou o PNUD

Guiné-Bissau vai beneficiar por ser um dos Países Menos Avançados

Bissau – A Organização das Nações Unidas (ONU) incluiu a Guiné-Bissau na lista dos Países Menos Avançados (PMA), contudo esta nomeação dá ao país o direito a assistência pública e ao desenvolvimento assim como um acesso preferencial aos mercados e uma assistência técnica especial.

A notícia foi avançada à PNN pelo Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento (PNUD) em Bissau, que a 4 de Dezembro vai apresentar o Relatório 2015 da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (CNUCED) sobre os Países Menos Avançados.

De acordo com a ONU, desta lista fazem parte 48 países de África, Ásia, Caribe e Pacífico, uma lista revista todos os três anos pelo Conselho Económico e Social (ECOSCOC) das Nações Unidas com base nas recomendações do Comité de Políticas de Desenvolvimento.

Entre os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) que figuram na lista são referidos a Guiné-Bissau, Angola, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe e a Guiné Equatorial, enquanto da Comunidade dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) na qual Guiné-Bissau também está integrada, são referidos o Senegal, Guiné Conacri e Gâmbia.

Cabo Verde deixou de pertencer ao grupo dos Países Menos Avançados desde Dezembro 2007 tal como o Botsuana em Dezembro 1994, Maldivas em Janeiro 2011 e em Janeiro 2014 foi a vez da Ilha Samoa.

Em termos de estabelecimento e cessações, a lista é criada com base em três critérios do Comité de Políticas de Desenvolvimento que analisa a renda per capita, activos humanos e vulnerabilidade económica de cada país.

Sumba Nansil

(c) PNN Portuguese News Network

2015-12-02 17:09:15

MAIS ARTIGOS...
  Guiné-Bissau: Ministro das Finanças confirma crescimento económico do país
  Royal Air Maroc recruta jovens guineenses como assistentes de bordo
  Guiné-Bissau: População de Varela ameaça boicotar reunião com empresa Poto
  Guiné-Bissau: Governo pretende elaborar orçamentos realistas
  Guiné-Bissau: Governo confirma moratória de cinco anos para corte de madeiras
  Barcos com cadávares dão à costa do Japão
  Guiné-Bissau: Banco Mundial revê despesas na Defesa e Segurança
  Hollande e Putin juntam-se para analisar em Moscovo ofensiva ao EI
  Governo assina com BAD acordos de financiamento de 19 mil milhões de Francos Cfa
  Guiné-Bissau: Governo disponibiliza mais mil milhões de Francos Cfa para financiar micro créditos
  Guiné-Bissau disposta a receber propostas de investimentos chineses
  Uma missão empresarial chinesa está na Guiné-Bissau

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:



Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Timor Digital Luanda Digital Jornal de São Tomé Cabo Verde Maputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais