Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Política

Reforçada a segurança de membros do Governo

Governo adverte que qualquer tentativa de violência para desestabilizar país será reprimida

Bissau – O Governo guineense advertiu esta segunda-feira, 1 de Fevereiro, que qualquer tentativa de utilizar a violência para desestabilizar o país será “devida e oportunamente reprimida”.

Através de um comunicado o Conselho de Ministros extraordinário, fazendo alusão ao assalto à residência do Secretário de Estado dos Transportes e Telecomunicações, João Bernardo Vieira, ocorrido na noite de 31 de Janeiro, apelou à calma aos guineenses e estrangeiros residentes no país, mas também à vigilância em colaboração com as autoridades policiais na denúncia de actos que possam perturbar a estabilidade e a ordem pública.

O Governo condenou também “com veemência” o assalto à residência de Secretário de Estado, e comprometeu-se a utilizar todos os meios legais com vista à captura dos autores do ato e os traduzir em justiça.

Na mesma ocasião o executivo guineense anunciou a adopção de medidas de segurança adicionais nas instituições públicas e protecção suplementar dos membros do Governo, contido considera que este ato não está relacionado com actual situação política no país, caso contrário constituiria um rude golpe a democracia. “Estes factos tornam evidente o objectivo premeditado de causar no mínimo ofensas corporais ao governante e a sua família”, lê-se no comunicado.

(c) PNN Portuguese News Network

2016-02-02 08:19:50

MAIS ARTIGOS...
  ONU quer o cumprimento das leis na Guiné-Bissau
  Crise parlamentar é de natureza política e não compete aos tribunais resolver
  Presidente retoma audições com atores políticos envolvidos na crise
  CEDEAO inicia retirada militar de Bissau
  A Comunidade Internacional “pode perder paciência” com situação na Guiné-Bissau
  CPLP preocupada com situação política na Guiné-Bissau
  Tribunal anula expulsão de deputados pelo PAIGC
  Obasanjo regressa à Guiné-Bissau para tentar, mais uma vez, desbloquear impasse político
  PRS quer pacto de regime para salvar Guiné-Bissau
  Homens armados assaltaram a residência de João Bernardo Vieira em Bissau
  Movimento de Apoio a Carlos Gomes Júnior apela ao regresso do antigo Primeiro-ministro
  Ministros ouvidos na Procuradoria-Geral da República por supostos indícios de corrupção

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


Comentários
  
Ude  2016-02-02 18:17:33
É bom que o Estado se compromete com a sua missão de garantir segurança a todos os seus cidadãos, e que o que aconteceu com o responsável não reforça a ideia de que há cidadãos de primeira e segunda classe. Mas, que o sucedido seja entendido como uma debilidade das nossas instituições e que se trabalhe para corrigir a insegurança generalizada.


Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Timor Digital Luanda Digital Jornal de São Tomé Cabo Verde Maputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais